quarta-feira, 14 de março de 2012

Genética


De acordo com a F., a Rita por estes dias provou irrefutavelmente ser minha filha. Assim que se viu pela primeira vez ao espelho... Deu um longo e rasgado sorriso.

Não percebi o que é que a vaidade da Rita tem a ver comigo...

3 comentários:

  1. eu passo a explicar: gostam pouco gostam, seus convencidos!

    ResponderEliminar
  2. Então não percebes?? Quando vês a tua filha no espelho também não sorris?

    bjinhos nossos

    ResponderEliminar